italianoenglishfrançaisdeutschespañolportuguês
Idioma
  • » Abstracts Técnicos
  • » (FD) SCAPHOIDEUS TITANUS BALL., VECTOR DA FLAVESCÊNCIA DOURADA, NA REGIÃO DE TRÁS-OS-MONTES E ALTO DOURO

(FD) SCAPHOIDEUS TITANUS BALL., VECTOR DA FLAVESCÊNCIA DOURADA, NA REGIÃO DE TRÁS-OS-MONTES E ALTO DOURO

Cristina CARLOS, Jorge COSTA, Miriam CAVACO & Fernando ALVES

A Flavescência Dourada é uma doença provocada por um fitoplasma e transmitida de forma epidémica na vinha pelo cicadelídeo Scaphoideus titanus Ball. Este cicadelídeo, originário da América do Norte, foi detectado na Europa na década de cinquenta. Em Portugal S. titanus foi identificado pela primeira vez por Quartau et al. (2001) sendo os exemplares provenientes de Vila Real e Arcos de Valdevez. Em Vila Real estes cicadelídeos foram capturados numa vinha localizada na Quinta de Prados, em 1999. Devido à presença contínua do cicadelídeo nesta vinha nos últimos anos e à sua possível importância para Portugal na transmissão de um fitoplasma de quarentena, procedeu-se, no ano de 2003, a um acompanhamento do insecto nesta parcela. Para o efeito, procedeu-se em simultâneo à contagem semanal das ninfas e monitorização da curva de voo dos adultos através de armadilhas cromotrópicas amarelas e técnica das pancadas. Os resultados sugerem que S. titanus se encontra instalado na parcela em estudo. O pico de observação de ninfas verificou-se em meados de Junho. A técnica das pancadas foi a técnica de amostragem que permitiu a captura de um maior número de adultos. O período de voo dos adultos situou-se entre fins de Junho e início de Outubro, confirmando-se a existência de uma geração anual do cicadelídeo.

(Igor Gonçalves)
Publicado em: 28/11/2016
European logoProjecto financiado ao abrigo do programa de investigação e inovação da União Europeia 'Horizonte 2020', sob o acordo de subvenção nº 652601
copyrights Winetwork @2015
powered by Infonet Srl Piacenza
Política de privacidade
Este site utiliza cookies que são necessários para a finalidade descrita na política de cookies. Se quiser saber mais sobre cookies, consulte a política de cookies. Ao fechar este banner e ao navegar nesta página, clicando num link ou continuar a navegação de qualquer outra forma, está a concordar com o uso e política de cookies.
Mais informaçãoOK
- A +