italianoenglishfrançaisdeutschespañolportuguês
Idioma
  • » Doenças do lenho
  • » (GTD) Doenças causadas por fungos Botryosphaeriaceae em videira - Caracterização fenotípica e molecular de isolados e sensibilidade a fungicidas.

(GTD) Doenças causadas por fungos Botryosphaeriaceae em videira - Caracterização fenotípica e molecular de isolados e sensibilidade a fungicidas.

Ana Teresa de Almeida Vaz - Dissertação para obtenção do Grau de Mestre em Engenharia agronómica

Diferentes espécies de fungos Botryosphaeriaceae estão associadas a doenças que afectam o lenho da videira (“black dead arm”, “bot canker”, “dieback”, escoriose europeia e esca), com importância crescente em Portugal e a nível mundial, pelos prejuízos que provocam. A caracterização fenotípica e molecular de uma colecção de 43 isolados de Botryosphaeriaceae, obtidos de materiais de propagação vegetativa de videira e de videiras jovens e adultas, permitiu a identificação de B. dothidea (dois isolados), “B”. obtusa (19 isolados), “B”. stevensii (três isolados), “B”. viticola (um isolado), “B”. lutea (um isolado), “B”. parva (14 isolados) e “Botryosphaeria” spp. (três isolados). A espécie “B”. viticola ainda não tinha sido assinalada em Portugal. A patogenicidade dos isolados em videira foi confirmada (ensaios in vivo), registando-se assinalável variação intraespecífica. Para “B”. parva, “B”. obtusa, “B”. lutea e “B”. stevensii, comprovou-se a eficácia biológica dos fungicidas tebuconazol, piraclostrobina e das misturas piraclostrobina+metirame e ciprodinil+fludioxonil, na inibição do respectivo crescimento micelial, com destaque para a mistura ciprodinil+fludioxonil, pelos menores valores de CE50 obtidos. Para “B.” parva e “B.” obtusa comprovou-se a eficácia biológica da piraclostrobina, metirame e da mistura piraclostrobina+metirame, na inibição da germinação dos esporos, com menores valores de CE50 obtidos para a mistura piraclostrobina+metirame. Atendendo a que a mesma planta pode albergar diferentes espécies de Botryosphaeriaceae, os fungicidas ensaiados apresentam potencialidades para controlar populações destes fungos, no campo, permitindo a alternância de produtos e minimizando os riscos de resistência.

(Igor Gonçalves)
Publicado em: 28/11/2016
  • quota: https://www.repository.utl.pt/bitstream/10400.5/1077/1/Disserta%C3%A7%C3%A3o%20Mestrado%20%20-%20Ana%20Teresa%20Vaz.pdf
European logoProjecto financiado ao abrigo do programa de investigação e inovação da União Europeia 'Horizonte 2020', sob o acordo de subvenção nº 652601
copyrights Winetwork @2015
powered by Infonet Srl Piacenza
Política de privacidade
Este site utiliza cookies que são necessários para a finalidade descrita na política de cookies. Se quiser saber mais sobre cookies, consulte a política de cookies. Ao fechar este banner e ao navegar nesta página, clicando num link ou continuar a navegação de qualquer outra forma, está a concordar com o uso e política de cookies.
Mais informaçãoOK
- A +